A Família Pitol iniciou as atividades como viveiristas, ou seja, produção de mudas de nogueiras, e mudas essas que já alcançaram todo o país, inclusive com mudas enviadas para o Paraguai

Aconteceu na noite da última sexta-feira, 04 de julho, junto a Comunidade Do Sena em Anta Gorda, a inauguração da Agroindústria Pitol. Essa indústria que trabalhará exclusivamente com produtos a base de noz pecam, é uma das primeiras do gênero em todo o país.

O evento foi presenciado por autoridades de todos os municípios da região, lideranças e população. A ligação de Anta Gorda com a noz pecam começou com Arminio Mioto, que em uma viagem ao exterior conheceu o fruto e trouxe algumas mudas para a cidade, e desde lá a nogueira faz parte da paisagem da cidade.

A produção é tão importante que na bandeira e no brasão do município existe ramos de nogueira e uma semente de noz. O chefe da Emater da região, engenheiro Bonini, que presenciou a solenidade, destacou a importância da Agroindústria para os produtores rurais, para a família, mas principalmente os benefícios que a noz proporciona ao ser humano, pois a noz é rica em Ômega 3, que ajuda a regular o colesterol bom do organismo, tanto que é recomendável por médicos que se consuma nozes diariamente.

Foi destacado também que a noz faz parte da cadeia de alimentos funcionais, ou seja, alimentos que já passaram por estudos e tem suas propriedades medicinais confirmadas em laboratório. Nos últimos 3 anos foram acrescidos 84 produtores rurais que produzem nozes em suas terras, que totaliza cerca de 42 hectares produzidos, sendo que muitos ainda estão em faze inicial. Bonini disse ainda que a Cidade de Anta Gorda já é considerada referencia a nível de Estado na produção do fruto, não que seja a que mais produz, mas a que possui o maior numero de famílias envolvidas na produção.

A Família Pitol iniciou as atividades como viveiristas, ou seja, produção de mudas de nogueiras, e mudas essas que já alcançaram todo o país, inclusive com mudas enviadas para o Paraguai. A Agroindústria estará produzindo cerca de 6 tipos diferentes de noz, como a noz descascada e pronta para o consumo, a noz caramelada, a noz salgada entre outros. Em breve todos os mercados possuirão o produto em suas prateleiras levando o nome da Agroindústria Pitól de Anta Gorda.

Data de publicação: 08/07/2008

Créditos: Rádio Cultura, Assessoria de Imprensa Portal Regiã

Compartilhe!