Anta Gorda foi escolhida entre os 46 municípios da região de abrangência da 16ª Coordenadoria Regional de Saúde para participar do Projeto Pedagógico e Cultural Planetinha Saúde em 2013

Anta Gorda
foi escolhida entre os 46 municípios da região de abrangência da 16ª
Coordenadoria Regional de Saúde para participar do Projeto Pedagógico e
Cultural Planetinha Saúde em 2013. A iniciativa é da Vigilância em Saúde
Ambiental relacionada à Qualidade da Água para Consumo Humano (Vigiágua) da
Secretaria de Saúde do Estado. Os trabalhos serão direcionados à qualidade de
vida da comunidade, através de atividades sobre educação ambiental nas escolas
e com a comunidade em geral. A partir do projeto, serão realizadas ações como a
limpeza do arroio Zeferino e de caixas d’água, concurso de redação e desenho e
atividades recreativas como teatros. O objetivo principal é sensibilizar a população
e mostrar que a boa qualidade da água para o consumo humano é indispensável
para manutenção da saúde e os recursos hídricos devem ser preservados, evitando
o desperdício.

“Resolvemos
limpar o lixo do rio pela importância do fato e para atender ao pedido de
alunos de uma creche. Eles nos entregaram desenhos retratando o que viram em
uma visita ao arroio”, conta a bióloga do departamento de meio-ambiente de Anta
Gorda, Vanessa Dametto Lazzari. Ela acrescenta que, entre os intuitos também se
pretende conscientizar sobre a importância de realizar a limpeza das caixas
d’água em residências, vistoriar os reservatórios da rede pública, das
associações e das escolas, realizar a limpeza interna e externa das caixas
d’água da rede pública, associações comunitárias e das escolas e implantar
cisternas nas escolas para captação de água de chuva.

Para o
lançamento, estiveram presentes, na tarde da segunda-feira, dia 16, no
auditório da Unidade Básica de Saúde, o prefeito Neori Luis Dalla Vecchia,
representantes do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), da Terceira
Coordenadoria Regional de Educação e das Secretarias de Saúde, Trabalho, Meio
Ambiente, Educação e Administração de Anta Gorda. A Emater também apoia e será
responsável pela coordenação para implantar cisternas e proteger fontes.

Segundo a
fiscal ambiental de Anta Gorda, Janaine Arossi, coordenadora do projeto, sem a
consciência de que este recurso pode acabar, é comum encontrar pessoas lavando
a calçada com a mangueira aberta sem necessidade, utilizando jatos d’água ou
então escovando os dentes com a torneira aberta, desperdiçando água potável.
Ela também afirma que muitas pessoas com acesso a águas de fontes resistem às
águas tratadas. “Alguns não gostam do cloro na água, ele altera seu sabor,
entretanto, é indispensável no combate aos microorganismos, e consequentemente
melhorando sua qualidade”, fala Janaine.

Através do
Projeto Descobrindo Sabores, as nutricionistas da Secretaria de Educação,
Danielle Cauduro e Débora Tubiana, uniram a proposta do Planetinha Saúde com
hábitos de alimentação saudável. As profissionais, acompanhadas pela
Extensionista da Emater, Marta Pin Rossini, usam vídeos educativos, rodas de conversas
e brincadeiras. A pirâmide alimentar, com todos os tipos de alimentos, é
apresentada, explicando o porque a água está no centro e é uma necessidade
diária de todos. Elas já trabalharam com duas escolas e pretendem atender a
todas até a VII Feira Municipal de Alimentação, no dia 18 de outubro.

O Planetinha
Saúde ocorre até dezembro e culminará também com atividades junto à Feira de
Alimentação que ostentará o tema “Alimentação saudável x Água potável”.

Data de publicação: 21/06/2013

Créditos: Morgana Colombo

Compartilhe!