A Equipe Saúde da Família (ESF1) da Secretaria de Saúde de Anta Gorda lançou o projeto “Implantação da Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa”

A população
idosa brasileira teve importantes conquistas nas duas últimas décadas. O marco
no processo de garantia dos direitos desse segmento populacional é o Estatuto
do Idoso, instrumento legal que vem servindo como referência para o movimento
social da área e como guia essencial para que as políticas públicas sejam cada
vez mais adequadas ao processo de re-significação da velhice. A Equipe Saúde da
Família (ESF1) da Secretaria de Saúde de Anta Gorda lançou o projeto “Implantação
da Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa”. O documento registrará informações
sobre as condições de saúde da pessoa idosa, auxiliando os profissionais sobre as
ações necessárias para um envelhecimento ativo e saudável. A implantação das
ações iniciou com os idosos que frequentam semanalmente o Centro de Referência
de Assistência Social (CRAS). O primeiro grupo atendido teve 20 participantes e
reuniu-se na tarde do dia 29 de julho, na Unidade Básica de Saúde. Conforme a enfermeira
Marilusi Pitol, com a caderneta, serão registrados casos de quedas, fraturas, recuperação
e manutenção da capacidade funcional, entre outras condicionalidades. No total,
ocorrerão quatro etapas, com vinte participantes em cada uma e atendimento com
médica, enfermeira, técnica e agente de saúde. A equipe organizadora avaliou
como ótima a participação na primeira etapa do projeto.

Data de publicação: 05/09/2013

Compartilhe!