A Administração Municipal de Anta Gorda mostra preocupação com as futuras mamães do município.

A Administração Municipal de Anta Gorda mostra preocupação com as futuras mamães do município. Através do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), lança o projeto “Enxoval Solidário: Bebê Feliz”, que tem por objetivo mobilizar a sociedade para a doação de enxovais de bebê que serão doados a gestantes antagordenses.

O próximo mês de junho é o período alvo da iniciativa e o dia 19 foi escolhido como o dia D da campanha. Na oportunidade, qualquer interessado poderá efetuar doações, junto à sede do CRAS. “Para nos organizarmos melhor e focarmos no projeto, escolhemos o dia D, porém, após isso, continuaremos recebendo doações para montarmos kits de enxovais”, explica a coordenadora do CRAS, Anadir Canelo Souza.

Podem ser doadas roupas, calçados, fraldas, cobertores, roupas de cama, entre outros itens do enxoval de bebê. O cidadão que colaborar receberá um mimo como forma de agradecimento. Para ser beneficiada com o projeto, a mulher deve preencher uma ficha cadastral.

Todas as gestantes residentes em Anta Gorda terão direito de receber os enxovais, desde que façam o acompanhamento pré-natal e participem dos encontros promovidos pela Secretaria da Saúde e, após o nascimento do filho, participem das atividades do Serviço de Fortalecimento de Vínculos, oferecidas pelo CRAS.

Anadir ressalta que a iniciativa tem a parceria da primeira-dama Carmen Dalla Vecchia. “O apoio da Dona Carmen está sendo de grande valia. Junto com ela, estamos divulgando a campanha a fim de intensificar a ação de solidariedade, com foco na qualidade e não na quantidade, solicitando aos doadores roupas boas e em condições de levar dignidade a quem vai recebê-las”, explica.

A coordenadora Anadir informa que o projeto justifica-se pelo aumento significativo de mulheres gestantes antagordenses, no ano de 2015. Conforme informações da pasta da saúde, somente nos primeiros quatro meses, o número já superou o total registrado em cada um dos anos de 2013 e 2014, quando 17 e 18 mães deram a luz, respectivamente. Somente de janeiro a abril, foram registrados pela secretaria e pelo Hospital Beneficente Padre Catelli (HBPC) 18 nascidos e há outras 20 gestantes fazendo o pré-natal com as Equipes de Estratégia de Saúde da Família.

De cunho social, essa foi a segunda ação do ano que a Administração realiza para/com as mulheres gestantes. No mês passado, ampliou o convênio da Secretaria da Saúde com o Hospital Padre Catelli para repassar R$6.500,00 mensais para os médicos da equipe de obstetrícia da casa de saúde realizarem atendimento permanente, ficando disponíveis no plantão de sobreaviso.

Data de publicação: 05/05/2015

Compartilhe!