Entre outras reivindicações, os prefeitos querem que as emendas dos senadores ao Orçamento sejam destinadas a consórcios de saúde e pedem alteração da Lei de Licitações para que as prefeituras tenham mais flexibilidade em situações de emergência.

Prefeito Celso Casagrande e Vereador Clécio Roveda estão em Brasília para a Marcha em Defesa dos Municípios.

Mais de oito mil municipários, vereadores e secretários de todo o país estão na Capital Federal para a 22ª Edição da Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que iniciou ontem (08) e segue até quinta-feira (11).

O evento tem neste ano a maior comitiva de sua história e é formado por uma série de debates e palestras sobre desafios comuns das cidades, com diferentes atores, para incentivar a Federação a apoiar políticas locais. De acordo com a organização, do Rio Grande do Sul, há cerca de 300 participantes.

Entre outras reivindicações, os prefeitos querem que as emendas dos senadores ao Orçamento sejam destinadas a consórcios de saúde e pedem alteração da Lei de Licitações para que as prefeituras tenham mais flexibilidade em situações de emergência. Os gestores municipais ainda defendem a construção de uma nova relação com o Congresso Nacional para a aprovação de pautas que levam benefícios ou evitam prejuízos aos municípios brasileiros.

Segundo Diogo Fedrizzi/Grupo Encantado de Comunicação, os primeiros a chegarem  à capital federal foram Celso Casagrande, prefeito de Anta Gorda, e Catea Rolante, de Doutor Ricardo, integra a comitiva também o vereador Clécio Roveda.

Data de publicação: 10/04/2019

Compartilhe!