Os prefeitos da Amvat reuniram-se em videoconferência, na noite de segunda-feira, 3, após o anúncio do Governo do Estado de que o Vale do Taquari permanece em bandeira vermelha.

Os prefeitos da Amvat reuniram-se em videoconferência, na noite de segunda-feira, 3, após o anúncio do Governo do Estado de que o Vale do Taquari permanece em bandeira vermelha, conforme classificação do sistema de bandeiras do Estado, para controle e disseminação do coronavírus.  
O município de Anta Gorda, por meio da prefeita Madalena Gehlen Zanchin e os demais chefes do Executivo dos municípios da Amvat, haviam decidido ingressar com uma ação coletiva, na Vara da Fazenda Pública, em Lajeado, questionando a decisão do Estado, já que no último sábado a região enviou um documento ao Governo, em que apresenta dados concretos que não determinariam a bandeira vermelha para o Vale.  “Anta Gorda tem uma característica de ruralidade e já vivemos com o distanciamento controlado. O comércio não é o problema. Este é o nosso entendimento junto com os demais prefeitos da Amvat. Nós não iremos tomar nenhuma medida que venha prejudicar o nosso comércio, sem que haja uma decisão final”, destacou Madalena.
Porém, após uma reunião realizada na manhã desta terça-feira, 4 de agosto, entre governador, associações regionais e Famurs, ficou definido que o Governo do Estado avaliará os pedidos e publicará novo decreto em breve, podendo, inclusive, dar autonomia para que as associações definam os próprios protocolos.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Data de publicação: 04/08/2020

Compartilhe!