Ofícios, telefonemas, e-mails, viagens a Porto Alegre e a Brasília, além de reuniões entre os dois Prefeitos e suas equipes foram fundamentais para que o processo avançasse mais um pouco.

Desde o mês de janeiro um intenso trabalho na busca de recursos para a construção da ponte que liga os municípios de Anta Gorda e Guaporé foi desenvolvido pelos Prefeitos de ambos os municípios. Ofícios, telefonemas, e-mails, viagens a Porto Alegre e a Brasília, além de reuniões entre os dois Prefeitos e suas equipes foram fundamentais para que o processo avançasse mais um pouco.

A Lei nº 2.539, de 31 de agosto de 2021, autoriza o Município de Anta Gorda firmar convênio com o Município e Guaporé para rateio das despesas com elaboração de projeto de engenharia, projeto de licenciamento ambiental e taxas ambientais, entre outros, para futura construção, por pare do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, de ponte sobre o Rio Guaporé.

O município de Guaporé também já possui Lei autorizando o Convênio.
Levando em consideração a importante ligação econômica e social entre os municípios, principalmente na área da agricultura, bem como a necessidade de proporcionar às comunidades envolvidas condições favoráveis de trafegabilidade e desenvolvimento e considerando que em dias de grande precipitação pluviométrica a ponte fica submersa, os Prefeitos não mediram esforços para buscar soluções para o problema.

O valor de R$ 217.667,00 foi obtido através de um Registro de Preços realizado pelo município de Guaporé, que por ser o maior município entre os envolvidos, ficará responsável pelo processo licitatório, onde cada município terá uma despesa de R$ 108.833,50.

É um grande passo, considerando o posicionamento do Governo do Estado aos dois Prefeitos, onde a união dos gestores em busca da construção da ponte começa a dar resultados.

Data de publicação: 01/09/2021

Compartilhe!