Novos critérios deverão ser adotados para o funcionamento das atividades econômicas

Desde o último sábado, dia 16, Anta Gorda mudou a sua classificação de bandeiras em função de uma decisão que mudou um pouco a forma de avaliar as condições de risco e capacidade de atendimento de cada região, Anta Gorda está com bandeira laranja, considerada de menor risco do que a bandeira vermelha.

Desde o dia 09 de maio todos os municípios do Vale do Taquari, entre os quais Anta Gorda estava inserido, estavam identificados como a única região de bandeira vermelha no estado, em função da forma como eram feitos os cálculos com relação ao número de casos x a capacidade de atendimento dos hospitais.

Depois de uma videoconferência entre os prefeitos do Vale do Taquari e a secretária estadual da Saúde do estado Arita Bergmann, realizada na quinta-feira, dia 14 de maio, as regras mudaram um pouco. Os prefeitos argumentaram defendendo a necessidade de uma flexibilização em função de a maioria dos municípios do Vale não ter nenhum caso e da alegação de que há sim capacidade para mais atendimentos em leitos de UTI. Além disso, os prefeitos ressaltaram a necessidade de uma mudança na forma dos cálculos, que deixaria de contabilizar pacientes de outras regiões internados em leitos de UTI e só consideraria testes de PCR de pacientes internados e não mais todos os que são realizados. Após a realização desta reunião na quinta-feira, no sábado, o estado anunciou a mudança da bandeira para a região, classificando-a de cor laranja e prevendo a possibilidade de regras um pouco menos rígidas do que as previstas para a bandeira vermelha.

A prefeita Madalena G. Zanchin ressaltou a importância da mudança de classificação para Anta Gorda. “Estávamos aguardando esta decisão, entendemos que é preciso adotar cuidados, que não dá para relaxar e levar a vida como se nada estivesse acontecendo, as medidas precisam ser respeitadas, mas as atividades econômicas, observando as devidas restrições e regras, precisam continuar operando. Creio que se todos tivermos consciência e adotarem as medidas necessárias, conseguiremos contabilizar menos casos e sairemos desta crise com menos traumas e mais rapidamente”, defendeu a prefeita, fazendo um apelo para que todos tenham consciência dos riscos e para que adotem as medidas previstas na bandeira laranja.

Para saber mais sobre como será o funcionamento de cada estabelecimento na bandeira laranja é só acessar o site: https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br,  coloque na aba o nome do município e selecione o setor, lá estarão disponíveis informações sobre os critérios de ocupação e protocolos de prevenção para o município escolhido.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Data de publicação: 18/05/2020

Compartilhe!