Condomínio que faz parte do Projeto Asa, abrigou os primeiros pintos nesta semana e já tem excelentes projeções de retorno para Anta Gorda.

O Condomínio Avícola Anta Gorda, localizado em Linha Quinta, é o quarto a ser povoado por animais de um total de nove núcleos. O alojamento dos 120 mil pintinhos teve início na terça-feira, dia 16, e prossegue nesta quarta-feira, dia 17, e nos dias 23 e 24 de junho.

Em função da pandemia, a Dália Alimentos decidiu não realizar solenidade inaugural para marcar a data de início das atividades, visando atender as orientações da organização Mundial de Saúde, visando evitar a propagação do coronavírus.

Para falar sobre o início das atividades, a prefeita Madalena G. Zanchin recebeu em seu Gabinete, no dia 16 o Conselheiro da Dália, produtor rural antagordense e presidente do Condomínio Avícola Anta Gorda, Silvano Berté e o Presidente do STR e tesoureiro do Condomínio, Delmar Moresco.

 

Na oportunidade, Silvano agradeceu a Administração Municipal pelo apoio e incentivo e ressaltou que sem isso, teria sido inviável a construção do empreendimento no município. Que apesar da pandemia os projetos seguem e que a partir de agora o condomínio começa a produzir e a gerar retorno para o município e benefícios para todos os associados da cooperativa, não apenas para os sócios do condomínio (15 produtores antagordenses e quatro de outras cidades da região), mas para todos os associados da Dália, pois a cooperativa tem um programa de distribuição de sobras, realizado anualmente.

A prefeita Madalena agradeceu a presença de Delmar e Silvano, lamentou o fato de não poder inaugurar esta obra que é um grande sonho que iniciou ainda na Administração anterior do ex-prefeito Neuri, contou com um grandioso esforço do ex-prefeito Celcinho (in memoriam) que muito lutou para que o incentivo do município se concretizasse. “Eu acompanhei todo este processo, este trabalho e testemunhei tudo o que fizeram, assumo o mandato em um momento de finalização do projeto e temos dados em mãos para dizer que os valores investidos pelo município estão na casa dos R$1.4 milhões de reais. Levando em consideração a nossa capacidade de investimento, posso dizer que é um valor bem significativo, que foi a maior obra deste mandato em termos de investimentos. Mas também é preciso ressaltar que as projeções de retorno para o município são muito positivas”, salientou Madalena. Segundo Madalena, no primeiro ano a previsão é de que retorne cerca de R$ 175 mil para os cofres públicos em termos de impostos e que em seis anos este financiamento se pague. Estes valores de retorno entrarão para os cofres públicos e permitirão novos investimentos, este retorno será uma constante nas receitas do município. “Não tinha como não termos incentivado esta iniciativa, parabenizo a Dália Alimentos e os associados do condomínio pelo empreendedorismo e coragem”, frisou Madalena.

O tesoureiro e sindicalista Delmar Moresco ressaltou a importância da vocação dos antagordeses para o associativismo. “Se não tivéssemos esta cultura de associativismo e sindicalismo certamente não teríamos tido condições de compor essa associação e certamente não teríamos a Associação do Condomínio Avícola de Anta Gorda, neste projeto foram investidos mais de R$ 8 milhões, um produtor sozinho dificilmente teria condições de fazer um investimento destes”, frisou Delmar agradecendo a Administração Municipal pelo apoio prestado a associação.

Silvano e Delmar ressaltaram o pioneirismo da Dália no Brasil ao implantar este modelo de condomínio avícola e do projeto ASA como um todo, que prevê um ganho expressivo em termos de qualidade e economicidade de recursos em função de logística e gestão.

Condomínio Avícola de Anta Gorda

 

Investimento Total:    R$ 8 milhões

Incentivo do Município: R$ 1.4 milhões

Retorno estimado para o município: R$ 175 mil no primeiro ano

Retorno total do investimento: Em seis anos

Número de pavilhões: 8 pavilhões

Modelo: Dark House

Capacidade de alojamento: 275 mil aves

- de 40 a 45 dias

Fonte: Assessoria de Imprensa

Data de publicação: 17/06/2020

Compartilhe!