A Secretaria de Saúde de Anta Gorda divulgou, recentemente, seus relatórios do semestre no que diz respeito a número de atendimentos, farmácia básica e outros.

A Secretaria de Saúde de Anta Gorda divulgou, recentemente, seus relatórios do semestre no que diz respeito a número de atendimentos, farmácia básica e outros.

No relatório da farmácia básica, de janeiro a junho deste ano foram dispensados, 13.961 medicamentos. O valor total de medicação dispensada equivale à R$ 79.886,44 e o número de pacientes atendidos soma 6.481.

Já na farmácia de responsabilidade do Estado, os processos administrativos e judiciais chegaram a 400. Retiraram medicamentos 2.117 pessoas e 940 receberam protetor solar. Nas Unidades Básicas de Saúde estão cadastrados 29 usuários de fralda sendo 14.170 fraldas foram distribuídas ao longo dos seis meses.

No relatório geral da Secretaria de Saúde constam: 31 declarações de nascidos vivos, 24 declarações de óbito, 1.864 exames laboratoriais SUS; 104 mamografias; 1.823 viagens de usuários; e 182 Autorizações de Internação Hospitalar (AIHs).

Já em relação aos procedimentos realizados na UBS/ESF1 e ESF2 totalizam: “265 visitas domiciliares  de profissionais (nível médio/superior); 244 avaliações antropométricas; 178 testes de glicemia capilar; 303 testes rápidos para detecção de HIV, sífilis, HBV e hepatite C; 58 consultas de profissionais de nível superior na Atenção Básica (exceto médico); 5.336 consultas médicas em Atenção Básica; 3.158 escutas iniciais/orientações (acolhimento à demanda espontânea); 2.747 aferições de pressão arterial; 288 curativos; 55 retiradas de pontos em cirurgias básicas; 43 coletas de citopatológico de colo uterino; 226 administrações de medicamentos (injeções, inalações/nebulizações); 2.829 atividades/procedimentos da sala de vacinação; 441 atendimentos de saúde bucal; 6.361 visitas domiciliares do agente comunitário da saúde; 1.506 controles ambientais/vetoriais; 364 consultas fonoaudiológicas; 289 consultas nutricionais; e 230 consultas com psicólogo.

Os grupos de Educação em Saúde/quinzenais e mensais nas comunidades, com gestantes, puericultura, tabagismo e oficina terapêutica foram cancelados devido à pandemia.

Embora os dados demonstrem declínio nos números, é possível visualizar o esforço da Secretaria de Saúde em manter o atendimento de excelência atendendo todas as demandas da comunidade.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Data de publicação: 17/07/2020

Compartilhe!