Decreto Municipal foi elaborado com base no Decreto Estadual e escolas devem parar inicialmente por 15 dias

A secretária de Educação Doris Felini Dalle falou com preocupação sobre a decisão de paralisar as aulas e o atendimento nas escolas. 

“É preocupante parar o atendimento aos alunos agora, inicialmente será de 19 de março a 4 de abril, mas depois não sabemos, se conseguiremos retomar normalmente ou se precisaremos parar por mais tempo, mas essa é uma medida urgente e necessária visando evitar uma contaminação em massa, por isso, é muito importante que as pessoas sigam as orientações e pensem na prevenção de sua saúde e das pessoas que são mais vulneráveis, é preciso ficar em casa, em isolamento mesmo, não dá para levar na brincadeira e achar que nada vai acontecer”, conscientizou Doris.

Doris explicou que os funcionários e professores ficarão à disposição da Secretaria e que inicialmente a ideia é fazer uma grande faxina, uma assepsia bem feita nas escolas, visando afastar o risco de contaminação.

“Precisamos evitar aglomerações, precisamos cuidar e preservar a saúde das pessoas, estamos com o brinquedo na praça pronto, vamos mantê-lo interditado por enquanto para que as crianças não vão para a praça brincar, atraídas pelo brinquedo novo. É importante focar na higiene pessoal e na limpeza das casas, quanto mais assepsia menor o risco de contaminação”, defendeu Doris, alertando sobre a necessidade de levar o assunto a sério.

Fonte: Assessoria de imprensa

Data de publicação: 20/03/2020

Compartilhe!