O ano iniciou de forma positiva para a agricultura antagordense. Por meio de um projeto aprovado na Consulta Popular de 2017, a Secretaria de Agricultura realizará nos próximos dias uma distribuição de calcário para correção de solo de 61 produtores rurai

O ano iniciou de forma positiva para a agricultura antagordense. Por meio de um projeto aprovado na Consulta Popular de 2017, a Secretaria de Agricultura realizará nos próximos dias uma distribuição de calcário para correção de solo de 61 produtores rurais.

Segundo o secretário Joelmo Balestrin, o programa tem expressiva importância para o município. “A correção do solo é um fator essencial para garantir o sucesso na lavoura e claro, sabemos que não é um valor muito significativo, mas se conseguirmos todos os anos este projeto aos poucos vamos atendendo todas as propriedades”, explica Balestrin.

O secretário afirma que o andamento deste programa está nos últimos passos. “O recurso foi liberado em 2019, e no final do ano a gente fez a inscrição no conselho, agora esperamos que até março seja feita a licitação e após a distribuição”, relata.

 

Investimento

 

Segundo Balestrin, o programa tem o investimento de cerca de R$ 55 mil e uma contrapartida da Administração Municipal de R$ 6 mil, somando mais de R$ 62 mil em investimentos.

A compra do calcário será a granel e o produtor será responsável pelo frete.

 

Requisitos

 

Os 61 produtores escolhidos para receber o calcário passaram por uma avaliação e tiveram que atender alguns requisitos como ter a agricultura como atividade principal, ter realizado análise do solo que comprove a necessidade da correção do solo e não poderiam ter débitos na Prefeitura Municipal.

 

Projetos da Consulta Popular

 

Em 2017, o projeto aprovado foi para correção do solo, já em 2018, a apicultura foi aprovada como prioridade. Em 2019, novamente a consulta popular aprovou a correção do solo.

Fonte: Assessoria de imprensa

Data de publicação: 24/01/2020

Compartilhe!