A comunidade de Linha Quinta, no interior de Anta Gorda foi uma das comunidades mais atingidas pela estiagem no município.

A comunidade de Linha Quinta, no interior de Anta Gorda foi uma das comunidades mais atingidas pela estiagem no município. A comunidade tinha um poço para o abastecimento de água que secou devido aos longos meses de estiagem.
De acordo com o secretário de Agricultura, Joelmo Balestrin, com a falta de água, a comunidade se uniu por meio da Associação de Moradores e decidiu perfurar um novo poço. “Essa foi uma das comunidades mais atingidas pela estiagem, eles perderam o poço que tinham, não teve mais vazão, deixando várias famílias sem água. Então eles tiveram a iniciativa de fazer uma reunião e decidiram pela perfuração de um novo poço, alguns tinham recursos para bancar o projeto, outros não, por isso buscaram recursos numa instituição bancária, e  estão perfurando o poço, já foi perfurado cerca de 660 metros de profundidade”.
Balestrin destaca que a Administração Municipal vendo o esforço desses agricultores para ter água potável se comprometeu em ajudar. “O município para incentivar essa ação que visa resolver o problema da água potável na comunidade está auxiliando com R$ 15 mil. Secretaria de Agricultura sempre procura contribuir para que os agricultores permaneçam no campo produzindo alimentos, e por isso, estamos fazendo essa ação nesse momento que estamos amparados pela homologação do decreto de estiagem”, conclui o secretário.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Data de publicação: 22/05/2020

Compartilhe!